HomeMaisColunasBaú do BlahKirk Douglas, o centenário

Kirk Douglas, o centenário

Além de Olivia de Havilland, outro mito do cinema chegou aos cem anos em 2016: Kirk Douglas, que em 9 de dezembro festejou um século de vida. Cercado por seus amigos, como o cineasta Steven Spielberg,  e parentes (entre eles o filho, o também ator Michael Douglas e a nora Catherine Zeta Jones), ele ganhou uma homenagem no Beverly Hills Hotel na tarde da última sexta-feira, e declarou que ainda se sente “um menino”. E que sua longevidade se deve ao relacionamento maravilhoso que ele vive com Anne Douglas, com quem ele está casado há 62 anos.

Kirk, acredite, nasceu com o nome de Issur Danielovitch em Nova York, em 9 de dezembro de 1916. Seus pais eram imigrantes de origem judaica, vindos da Bielorrússia. O ator viveu uma infância de extrema pobreza. Seu pai, que na terra natal era negociador de cavalos, foi obrigado nos EUA a trabalhar como catador de sucata para sobreviver. Por causa disso, o garoto sofria preconceito até na área mais miserável da cidade.

Como fazia parte da Liga de Boxe da St Lawrence University, ganhou uma bolsa da instituição para estudar Artes Cênicas. Como colega de curso, ele teve ninguém menos do que a futura estrela Lauren Bacall.

Assim como vários artistas, Kirk chegou a servir na Segunda Guerra Mundial, de onde retornou com lesões. O nome Kirk Douglas, aliás, ele adotou legalmente antes de ingressar na Marinha dos EUA e partir para a guerra, de onde retornou com lesões. De volta a Nova York, começou a atuar no rádio e em comerciais de televisão, a nova mídia que começava a surgir. Com a ajuda da amiga Lauren Bacall, ele conseguiu seu primeiro papel no cinema, em “O Tempo Não Apaga”, clássico noir estrelado por Barbara Stanwyck, Van Heflin e Lizabeth Scott, e produzido por Hal Wallis. No filme, Kirk interpreta um advogado alcoólatra, marido da personagem de Barbara.

Sua carreira decolou em 1949, com o sucesso do filme “O Invencível”, que lhe rendeu uma indicação (infelizmente, só indicação) ao Oscar de Melhor Ator. Em 1955, ele fundou a Bryna Productions, seu próprio estúdio de cinema. O nome Bryna foi dado em homenagem à sua mãe, Bryna Danielovitch. O estúdio produziu épicos como “Spartacus” e “Glória Feita de Sangue”, ambos com colaboração de um então novato cineasta chamado Stanley Kubrick.

Outro grande papel do astro foi o do pintor holandês Vincent Van Gogh no clássico “Sede de Viver” (1956), que muita gente considera a melhor atuação dele. O filme foi dirigido por Vincent Minnelli e também tinha Anthony Quinn, outro ator sensacional, no elenco. Muita gente deve se lembrar de Kirk também como o marinheiro Ned Land de “Vinte Mil Léguas Submarinas”, produção dos Estúdios Disney de 1954 baseada na obra de Julio Verne.

Na década de 60, Kirk Douglas comprou os direitos do livro “Um Estranho No Ninho” para transformá-lo em filme, querendo que seu filho Michael interpretasse o personagem central. Porém, acabou passando os direitos da obra para Michael, que entregou o papel principal ao grande Jack Nicholson e a direção ao talentoso cineasta tcheco, recém-naturalizado americano, Milos Forman.

Na década seguinte, Kirk ainda fez clássicos como “O Vento Será Tua Herança” e, em 1996, ainda dublou um episódio do desenho “Os Simpsons”. Sua última aparição cinematográfica foi no documentário “Mel Blanc, O Homem das Mil Vozes”, em homenagem ao famoso dublador dos clássicos da animação.

Kirk casou-se duas vezes. Sua primeira esposa foi Diana Dill, com quem ficou de 1943 a 1951 e teve os filhos Joel e Michael Douglas. A segunda mulher, que lhe deu os filhos Eric e Peter, é Anne Boydens, que está com ele ate hoje. Mesmo tendo sofrido um derrame em 1996, que o deixou com dificuldades de fala, o centenário que – nas palavras dele próprio -sobreviveu “à 2ª Guerra Mundial, à queda de um helicóptero, a uma trombose e a dois joelhos novos”, diz que foi poupado de tantas tragédias porque tem ainda muitas coisas boas a fazer no mundo. Lucidez admirável.

A incorporação foi desativada mediante solicitação. Clique na imagem para assistir diretamente no YouTube (Foto: Reprodução).

FONTES:

http://www.adorocinema.com/slideshows/filmes/slideshow-126211/

http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/2016/12/kirk-douglas-completa-100-anos-e-ressalta-amor-por-sua-alma-gemea.shtml

http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/kirk-douglas-comemora-100-anos-nesta-sexta-feira/2016/12/09-281553.html

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/12/1840241-celebridades-e-amigos-festejam-os-cem-anos-de-kirk-douglas-em-hollywood.shtml

https://pt.wikipedia.org/wiki/Kirk_Douglas

http://epoca.globo.com/sociedade/bruno-astuto/noticia/2016/11/homenagem-ao-centenario-de-kirk-douglas-toma-conta-de-tres-cinemas-no-rio.html

Comentários do Internauta

Comentário(s)

Compartilhe