“O Doente Imaginário” entra em cartaz no Teatro Maison de France

A peça “O Doente Imaginário” estará em cartaz no Teatro Maison de France, a partir de 12 de novembro. O último texto de Molière ganha nova montagem da Cia Limite 151 e com direção de Jacqueline Laurence. A tradução e adaptação são de João Bethencourt e no elenco estão Élcio Romar, Gláucia Rodrigues, Edmundo Lippi, Gustavo Ottoni, Janaína Prado, Jaqueline Brandão, Gustavo Wabner, Márcio Ricciardi e Renato Peres.

“O Doente Imaginário” foi a última peça escrita e encenada por Molière, que sofreu um ataque em pleno palco, durante uma apresentação, morrendo pouco depois. A peça reúne intrigas e romances. Angélica, filha de Argan, um rico e avaro burguês (tipo muito presente nas comédias de Molière), vítima de hipocondria, apaixona-se por um rapaz, o romântico Cleanto. O pai, no entanto, quer que ela se case com um médico, pois desta forma teria assegurado consultas gratuitas sem ao menos precisar sair de casa.

 “Gosto muito de Molière. Já fiz “O Avarento” e “O Doente Imaginário”, como atriz. Agora estou tendo a experiência de dirigir esse texto especial, porque foi o último que ele escreveu antes de morrer, e, portanto, já tem toda a carga de experiência que Molière tinha como homem de teatro, autor, ator, chefe de companhia teatral.”- conta Jacqueline Laurence.

Para a diretora, os textos de Molière ainda são atuais. “O Doente Imaginário é uma comédia extraordinária que, como em todos os trabalhos do autor, nos traz uma visão crítica sobre a humanidade. Esse é um dos motivos para que seus textos façam sucesso ainda hoje”, explica Jacqueline. Além disso, a diretora afirma que a peça tem um humor inteligente, sem deixar de ser popular e acessível a todos os tipos de público.

 A entrada é R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

Clássico de Molière devolta aos palcos com Cia 151 Foto: Divulgação/ Guga Melgar

Clássico de Molière devolta aos palcos com Cia 151
Foto: Divulgação/ Guga Melgar

O DOENTE IMAGINÁRIO 

Teatro Maison de France – Av. Pres. Antônio Carlos, 58 – Centro/RJ.

De 12 de novembro a 11 de dezembro ( terças e quartas às 19h)

R$ 60 reais

Classificação etária: 10 anos

Lotação do teatro: 353 lugares

Duração do espetáculo: 90 minutos

 

FICHA TÉCNICA

Texto: Molière

Direção: Jacqueline Laurence

Elenco: Élcio Romar, Gláucia Rodrigues, Edmundo Lippi, Gustavo Ottoni, Janaína Prado, Jaqueline Brandão, Gustavo Wabner, Márcio Ricciardi e Renato Peres.

 

Sobre o autor

Anna Cecilia

Website

Jornalista graduada pela Universidade Estácio de Sá e pós-graduada pela Universidade Cândido Mendes. Antes de tudo é uma pessoa sonhadora, porém determinada. Não desiste de lutar pelo seu sonho embora o mundo diga o tempo todo que ele pode não dar futuro a ela... Mas, que o Blah Cultural já traz felicidade a sua vida, poucos são os que lembram... Ariana, vegetariana, oraculista e voluntária. Assim é Anna Cecilia Fontoura, uma das fundadoras do Blah Cultural. "Se o mercado de trabalho não me deu o valor que mereço, não tem problema, eu crio o meu próprio espaço!." - declara a jornalista, famosa por sua personalidade forte e irônica, que sempre sonhou em ser empreendedora desde a adolescência.... Dar voz aos que também estão lutando por seus sonhos, assim como ela, principalmente aos iniciantes, é uma das coisas que mais a realizam no Blah Cultural.