Resenhas – Blah Cultural

Com um prólogo avassalador, só posso descrever que, ao ler Coração de Aço, me peguei sem ar, atônito e, ao mesmo tempo, feliz, quando

Era uma vez uma menina. Seu nome é Melanie.  Melanie é uma menina adorável. Melanie adora ler, é curiosa e vivaz, tem um QI evidentemente elevado, adora

"O paladar é o único sentido isento das questões éticas que governam os demais. Imagine um performer que mutila um animal numa galeria de

"Aprendi a equação junk. Droga pesada não é um meio de aumentar o prazer de viver. Junk não é um barato. É um meio

Como o prefácio aponta, este pode ser considerado o romance experimental de Charlotte Brontë uma das autoras mais clássicas do Romantismo. Não é uma

Kurt Vonnegut é o sarcasmo em pessoa. Suas obras estão sempre permeadas de críticas ácidas e engraçadas, que nos fazem se dar conta do absurdo

Helen Fielding retorna à narrativa da controversa e engraçada vida de Bridget Jones. A personagem cheia de dramas traz suas milhares de preocupações no

O Diário de Bridget Jones de Hellen Fielding é o retrato da mulher moderna solteira na faixa dos trinta anos com todas as suas

E eis que o gigante, ou melhor, a caveira, finalmente acordou!!! Desde seu surgimento, a editora Darkside Books nos deu algumas belas surpresas e se firmou,

Philip K. Dick é O CARA! Não é a toa que ele é um dos autores “preferidos da casa” aqui no Blah Cultural (como diria

"A tecnologia humana era boa, e no quesito arsenal os seres humanos estavam tão bem equipados quanto a grande maioria de seus adversários. Mas

A obra mais aclamada de Miguel de Cervantes é iniciada por um prólogo que leva o leitor às etapas do processo de criação do

Loung Ung era uma criança de classe média que vivia feliz com sua família no Camboja. Porém, tudo mudou dramaticamente em abril de 1975,

Há muitos anos venho ouvindo falar do livro Um Estranho Numa Terra Estranha, de Robert A. Heinlein, que havia ajudado a pavimentar o caminho

"Eu não temerei. O medo é o assassino da mente. O medo é a morte pequena que traz a total obliteração. Eu enfrentarei meu medo. Permitirei que ele passe

A psiquiatra Natalia Timerman trabalha no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário de São Paulo (SP) desde 2012.  Parte de suas experiências foi retratada na