As ‘novidades’ das megassagas

Um dia tudo volta para o seu lugar
Um dia vai ficar como devia estar
Vai ficar como devia estar
(Capital Inicial)

Todo ano é sempre a mesma coisa. Grandes acontecimentos que prometem mudar tudo. Sinopses que anunciam o caos na vida dos super-heróis dos quadrinhos e deixam leitores ansiosos…ou não. Afinal de contas, é tanta promessa e coisas sendo refeitas/consertadas que, talvez, a ansiedade não seja mais tão grande como antigamente quando personagens que morriam continuavam mortos ou tinha suas características intactas. Enfim, é isso que caracteriza as megassagas de grandes editoras como a Marvel Comics.

Não podemos generalizar, é claro. Existem trabalhos recentes dignos de nota como a Guerra Civil, saga que dividiu opiniões, criou polêmicas e lançou um novo olhar sobre os heróis Marvel. Infelizmente, por mais notável que ela seja, suas consequências não permaneceram por muito tempo. Mesmo assim, o roteiro de Mark Millar e Paul Jenkins certamente serviu pra mostrar e até mesmo relembrar os motivos pelos quais as histórias em quadrinhos devem ser levadas a sério como uma forma de arte critica e relevante, assim como já aconteceu em outras épocas com Watchmen, V de Vingança, Cavaleiro das Trevas. Na história, o governo estadunidense cria uma lei de registro para todos superseres após um incidente envolvendo os Novos Guerreiros que vitimou algo em torno de 600 pessoas. Sendo assim, qualquer pessoa com poderes e habilidades fora do comum seria fichada além de presa caso se recusasse a se entregar de forma pacifica. A iniciativa incluía também uma superprisão para os ilegais. Como consequência disso, metade dos heróis Marvel de um lado, a outra metade do outro. Entre os momentos marcantes que podemos citar estão a revelação da identidade secreta do Homem-Aranha e a morte do Capitão América.

CIVWAR_CVRS.indd

Guerra Civil chegou para mudar paradigmas… por um tempo.

No entanto, não importa muito a força do impacto se o leitor tiver a certeza que logo tudo voltará a ser como era antes. Desse modo, o único jeito é apelar para a curiosidade do público. Um exemplo é a reciclagem de ideias. Quem já acompanhou a Saga do Clone, tanto a primeira como a segunda, e a Ilha das Aranhas percebe que ambas têm a“novidade“ de ter outros personagens com os mesmos poderes do Homem-Aranha, mas com a diferença de cada uma pertencer a épocas diferentes. Nesse caso, porque não utilizar homens-aranhas de realidades alternativas? Eis que surge a Spider-Verse, que promete reunir várias versões do herói aracnídeo. Além da sensação de mais do mesmo, ainda existe um esforço em tentar nos surpreender com algo diferente e inusitado apesar dos detalhes citados.

Odiada por muitos e amada por outros, a saga do clone é lembrada até hoje.

Odiada por muitos e amada por outros, a saga do clone é lembrada até hoje.

Imagine um cidade inteira de Homens-Aranha. Peraí, aonde vi isso antes mesmo?

Imagine um cidade inteira de Homens-Aranha. Peraí, aonde vi isso antes mesmo?

Spiderverso: a próxima saga aracnídea promete pelo menos momentos inusitados

Spiderverso: a próxima saga aracnídea promete pelo menos momentos inusitados

LEIA MAIS:

– PRÉVIA DE EDGE OF SPIDER-VERSE

– MULHER-ARANHA PARTICIPARÁ DE SPIDER-VERSE

Outro exemplo é a vindoura saga AXIS que promete reunir Vingadores e X-Men contra diversos vilões como Carnificina, Dentes de Sabre, Dr. Destino, Loki, entre outros. A curiosidade fica por conta dessa união tendo em vista os eventos ocorridos em Vingadores VS X-Men na qual os dois supergrupos estiveram em pé de guerra por causa da vinda da Fênix. Na nova trama, o grupo aparentemente será liderado pelo Caveira Vermelha que agora está com os poderes do Massacre, grande vilão dos anos 90 das histórias mutantes. Nesse caso, a promessa é a inversão de papéis entre heróis e vilões, algo que com certeza já aconteceu antes. Aliás, se ao analisar essa saga de longe, alguém lembrar de Atos de Vingança ou Reinado Sombrio, acredito que não será por acaso pois as semelhanças realmente chamam atenção dos leitores mais antigos.

Mais do mesmo???? #ficaduvida

Mais do mesmo???? #ficaduvida

Deixando as criticas de lado, não devemos esquecer que o lado fã sempre espera grandes histórias de seus heróis favoritos. A gente sabe que eles sempre voltam mesmo quando “morrem“ , desaparecem, perdem seus poderes e/ou são substituídos por outros personagens como aconteceu recentemente com o Capitão América que, por enquanto, não será mais Steve Rogers e sim Sam Wilson, o Falcão. Aliás, a troca de personagens é um tema que merece até um artigo a parte pois rivaliza com o impacto que as megassaggas têm nos quadrinhos. Por esses motivos, encerro meu artigo sabendo que, cedo ou tarde, tudo voltará ao seu lugar algum dia.

Comentários do Internauta

Comentário(s)

Compartilhe

Nerd super-fã de Homem-Aranha e heróis Marvel. Gostaria de ser chamado para os Vingadores mas se contenta em ser blogueiro. Conheça mais sobre seu trabalho em outras equipes no blog e podcast literário do Leituracast.