HomeDestaquesREVIEW | ‘Table Top Racing: World Tour’ é um deleite visual e um excelente game de corrida

REVIEW | ‘Table Top Racing: World Tour’ é um deleite visual e um excelente game de corrida

Certamente, em algum momento entre a sua infância e adolescência, você já jogou uma corrida de microcarros, seja com aquelas pistas montáveis, com o trilho no centro e o controle para fazer o carro andar ou em CDs com mil jogos para computador que era febre nos anos 2000.

Com esses microcarros, temos agora o Table Top Racing: World Tour, disponível para Xbox One e PlayStation 4. O game é basicamente uma mistura dos exemplos que dei acima, de uma forma muito boa, divertida e visualmente agradável.

Table Top Racing tem uma jogabilidade comum para games de corrida: você acelera, freia, dá ré, solta especiais, muda a câmera e afins. É tudo muito bem simples e sem nenhuma enrolação ou complicação. O jogo não segue uma história, tem apenas os campeonatos, que são bastantes: tem o Clássico (amador), Corrida de Rua (profissional) e Supercarros (perito). E dentro de cada modo tem vários tipos de troféus, que são o Vela, Desafio Bicilindro, Supercopa Capacete, Copa Superlegal Corrida e por aí vai. Em cada um deles existe uma série de troféus diferentes e nesses existem vários tipos de corridas como Contra o Relógio, Volta Quente, Pura, De Eliminação, Modo de Perseguição e vários outros. Por fim, cada troféu tem o Final de campeonato, onde você percorre três ou quatro das pistas que correu naquele troféu e vence o que tiver mais pontuação de chegada.

As corridas são muito legais e os cenários onde elas ocorrem é o ponto algo do game, que variam entre pista no quarto, na pia da cozinha, numa mesa em um jantar em Londres, no banheiro, no ferro velho… e todas elas possuem uma riqueza em detalhes muito grande. É admirável, às vezes, você perder a corrida enquanto observa os detalhes no cenário. Na pia de cozinha, por exemplo, existe um trabalho muito bem feito no mármore que a pia é feita, reluzindo os carros, luzes e, conforme vamos avançando, vemos pepinos no canto da pia, um acessório de um gato mexendo os braços (certamente qualquer pessoa já viu esse adereço em casa)… então é uma riqueza tão grande que torna Table Top Racing ainda mais agradável.

As pistas, de acordo com o modo que você vai avançando, não mudam muito. Apenas abre uma nova área, o que é bem legal. Em uma, onde a corrida era voltada para curva do lado esquerdo, por exemplo, no modo seguinte tem um outro caminho ao lado direito, mudando um pouco o rumo da pista. Porém, todas elas são muito curtas, então o tempo de diversão é muito curtinho. Uma pena, pois gostaria que tivessem pistas maiores para curtir mais o game. Mas, em geral, com dois minutos no máximo já concluímos cada pista, o que é lamentável.

Os carros são outro ponto baixo do game. Além de poucas variações (apenas oito no total), não existe nenhum tipo de personalização. A gente só paga para evoluir em blindagem, aceleração e velocidade.

VEREDICTO

No mais, Table Top Racing: World Tour é um excelente game de microcarros. É diversão garantida, com um ótimo visual, excelente jogabilidade e uma trilha sonora de ação bem contagiante que permite boas horas em frente ao console.

Table Top Racing: World Tour foi analisado pela equipe do Blah Cultural no console Xbox One. O game foi gentilmente cedido pela Playrise.

TRAILER

Você pode efetuar a compra do game para Xbox One através do linka abaixo:

https://www.microsoft.com/en-GB/store/p/Table-Top-Racing:-World-Tour/BWMB1BF5D69N

Comentários do Internauta

Comentário(s)

Compartilhe